Claudio_roberto1.jpg

Poetas da Cor

 

A cor é um universo encantado. Mergulhar nesse oceano de possibilidades e cromatismos é entrar em contato com o que o mundo tem de mais belo e significativo. O espetáculo “Poetas da Cor”, da Cia Druw de Dança Contemporânea, proporciona uma experiência lúdica criada a partir de partituras imaginárias e poéticas na dinâmica deletéria do gesto, em que as cores se fundem com a dança em uma obra sinestésica.

Segundo a coreógrafa Miriam Druwe, a idéia foi produzir uma obra que se voltasse para o princípio da teoria das cores, ou seja, como as cores são aplicadas na psicologia e como agem no sentimento dos indivíduos. “A cor traz memórias diferentes em cada pessoa, já que afeta cada um de forma particular, associando-se a lembranças e estados emocionais específicos”, explica Miriam. As cores estão em tudo, dentro e fora das coisas, na luz, no pigmento, entre o céu e a terra, na física e na química. Ela nunca está sozinha, sempre cercada de outras, vizinhas ou distantes e produz efeitos surpreendentes. “Estudamos como encaixar as características de cada movimento com as cores. O amarelo, por exemplo, é uma cor agitada, que grita. Já o branco remete a movimentos prolongados, deslizantes”, completa.

As combinações, personalidades, tonalidades resultam em uma composição evocativa do gesto que se faz presente em cena e onde dança e cor são apresentadas numa linguagem feita de movimento e música, tecendo encontros de sutilezas e belezas. Para a companhia, “Poetas da Cor” são seres, energias que acionam e resgatam a essência do poder criativo espontâneo que vive dentro de todas as pessoas desde a infância.



FICHA TÉCNICA


Concepção e Direção: Miriam Druwe

Intérpretes/Criadores: Alessandra Fioravanti, Diego Mejía, Manu Fadul, Orlando Dantas, Anderson Gouvêa, Elizandro Carneiro

Colaborador dramatúrgico: Ronaldo Aguiar

Composição e direção musical: Divanir Gattamorta

Pesquisa coreográfica: Denise Namura, Michael Bugdahn e Cia Druw

Desenho de Luz: Lúcia Chedieck

Cenário e Figurino: Marco Lima

Vídeo Cenário: Tatiana Guimarães

Operação de luz: Tomate Saraiva

Produção: Plataforma Movente - Tono Guimarães

Classificação: Livre

Duração: 50min.